O ciúme e a paixão no espetáculo Os Enamorados de Goldoni

Foto: Léo Azevedo / Divulgação
Os atores Will Brandão e Luisa Proserpio protagonizam o espetáculo

Alguns acham que o ciúme é o tempero da relação. Outros o consideram uma doença e o motivo para o fim do romance. No espetáculo Os Enamorados, que estreia nesta sexta-feira (04), no Teatro Vila Velha, em Salvador, o tema é abordado de forma leve e divertida, porém contundente.

Traduzido e adaptado especialmente para esta montagem, o texto, escrito no século XVIII, é um dos clássicos do dramaturgo italiano Carlo Goldoni (1707 – 1793), mesmo autor de Arlequim, servidor de dois patrões e um dos principais representantes da Commedia dell’arte. No elenco da montagem baiana de Os Enamorados, estão os atores Agê Habib, Ciro Sales, Danillo Novais, Inácio Deus, Lis Luciddi, Luana Matos, além de Luisa Proserpio e Will Brandão, que vivem Eugênia e Fulgêncio, os protagonistas do espetáculo.

Os Enamorados, marca a estreia, na Bahia, de Antonio Fábio, como diretor. Ele já atuou durante 21 anos como diretor teatral no Distrito Federal e como ator encenou as peças Uma Mulher Vestida de Sol; Salomé, de Oscar Wilde; Jeremias, Profeta da Chuva; e Joana D’Arc.

Exposição – Em paralelo às apresentações, será realizada a exposição colaborativa O Ciúme ilustrado, com trabalhos de diferentes artistas visuais e curadoria de Andrea May, que também assina a arte gráfica do espetáculo.

Serviço:

O quê: Espetáculo Os Enamorados

Onde: Teatro Vila Velha (Av. Sete de Setembro, s/n, Passeio Público, Campo Grande)

Quando: Sextas, sábados e domingos (Até 27 de junho), sempre às 20h

Quanto: ingresso a R$ 10 (inteira) e R$5 (meia)

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário Estácio da Bahia - Estácio FIB em 2009. É editor do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou em produção de programas de rádio e TV, tem experiência com web jornalismo e há 12 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa. E-mail: contato@rafaelveloso.com.br.

One thought on “O ciúme e a paixão no espetáculo Os Enamorados de Goldoni

Fechado para comentários.