O fim da violência contra homossexuais é tema da 9ª Parada Gay da Bahia

Por uma Bahia sem homofobia, machismo e racismo é o tema da 9ª Parada do Orgulho Gay da Bahia que será realizada neste domingo (dia 12), a partir das 15h. A expectativa do evento, promovido pelo Grupo Gay da Bahia (GGB) – que em 2010 completou 30 anos de fundação -, é de reuniu nas ruas do centro de Salvador entre 800 mil a 1 milhão de pessoas.

Apesar do clima de festa com o desfile de 13 trios elétricos do Campo Grande à Praça Castro Alves, o objetivo da Parada, este ano, é chamar atenção da população para o fim da violência homofóbica no país. Segundo dados do GGB, em 2009, quase 200 homossexuais foram assassinados no Brasil. Somente na Bahia, 21 gays, 3 travestis e 1 lésbica foram mortos.

Exames gratuitos – Durante a Parada a Secretaria Municipal da Saúde irá realizar testes rápidos anti-HIV, sífilis e de hepatites B e C. A expectativa é que o Serviço de Testagem e Aconselhamento no Centro de Saúde Carlos Gomes, na Rua Carlos Gomes, realize 300 testes ao longo do dia, além da distribuição de preservativos e materiais educativos sobre sexo seguro.

O trânsito ao longo do percurso será interditado pela Superintendência de Trânsito e Transporte do Salvador (Transalvador). O acesso dos moradores as vias interditadas será feito mediante comprovação de endereço.

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário Estácio da Bahia - Estácio FIB em 2009. É editor do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou em produção de programas de rádio e TV, tem experiência com web jornalismo e há 12 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa. E-mail: contato@rafaelveloso.com.br.