Filme “Nas mãos de quem me leva” marca estreia do ator João Côrtes na direção

Será lançado nas plataformas digitais, nesta quinta-feira (dia 8), o filme Nas mãos de quem me leva, que marca a estreia do ator João Côrtes na direção. O longa-metragem conta a história de Amora, uma moça de 22 anos, filha de pais artistas, que se torna órfã quando ainda é muito jovem. Amora enfrenta os desafios de se tornar uma mulher independente, tendo que lidar com a dor da perda. No elenco estão Neusa Maria Faro, atriz conhecida pelas novelas Êta Mundo Bom, Verdades Secretas, Amor à Vida (TV Globo) e o filme O Segredo de Davi, além de Fernanda Marques, Bruno Suzano, Ed Cortês e a participação especial de Daniela Galli.

“Dirigir esse filme foi um desafio gigantesco, mas extremamente engrandecedor. Me fortaleceu e expandiu meus horizontes como artista e ser humano. Me potencializou demais. Ainda na fase de escrita do roteiro, ouvia muito das pessoas que produzir e dirigir um filme era como ter um filho: iria exigir 100% da sua atenção, energia e tempo. Na época eu não absorvi completamente o sentido disso, mas hoje eu entendo na pele. Eu nunca me entreguei e me dediquei tanto para algo dar certo”, explica o diretor João Côrtes.

Segundo Côrtes, Nas Mãos de Quem Me Leva é uma história humana, sobre se descobrir, se relacionar consigo mesmo, com nossas dores e com os outros à nossa volta, e toda a riqueza e intensidade de sentimentos que naturalmente fazem parte disso. “O filme levanta um tema que todas as pessoas, de alguma maneira, vivem e são capazes de se conectar, que é a ideia de encontrar nossa independência, o conceito de amadurecimento, de tomar as rédeas do próprio destino e entender que nós temos o poder de criar nossa realidade”, conta o diretor.

Com quase 10 anos de carreira como ator, João nos últimos três anos vem se consolidando como roteirista, diretor e produtor. Em 2018 escreveu o longa-metragem Nas Mãos de Quem Me Leva, e em 2019 produziu e dirigiu o filme, de forma 100% independente. Ainda em 2019 escreveu o roteiro do curta-metragem LGBTQIA+ Flush, o qual também estrelou como ator. Ambos os filmes foram premiados em festivais pelo mundo, incluindo prêmios de roteiro, direção e atuação.

Nas Mãos de Quem Me Leva, filme da O2 Play, foi o vencedor como Melhor Filme no New Cinema Film Festival e no Seoul International Short Film Festival 2020. Neste festival também ganhou o prêmio de Melhor Roteiro. O filme conquistou também o prêmio de Melhor Diretor, no New Cinema – Lisbon Monthly Film Festival 2020; de Melhor Atriz, no German United Film Festival 2020, no Washington Film Festival 2020 e no Newwave Short Film Festival 2021; e ainda de Melhor Direção de Fotografia, no Newwave Short Film Festival 2021.

Sinopse

Nas Mãos de Que Me Leva conta a vida de Amora, uma menina de 22 anos, filha de dois pais artistas, que se torna órfã quando ainda é muito jovem. Amora enfrenta os desafios de se tornar uma mulher independente, tendo que lidar com a dor da perda. Vive com a avó Lúcia, uma mulher muito religiosa e conservadora, com quem tem uma relação turbulenta. Amora está constantemente equilibrando o amor inerente entre ela e a avó e as ideias e princípios conflitantes de duas gerações distantes. O único apoio que Amora tem em sua vida são seu melhor amigo, Fran, colega de trabalho em uma biblioteca, um jovem ator gay em início de carreira e Mercedes, sua psicóloga e verdadeira confiante desde a perda de seus pais.

A vida de Amora começa a parecer um beco sem saída, seus sonhos de ser fotógrafa parecem distantes e a rotina se torna implacável, até que ela conhece Bruno, um empresário mais velho e interessante, que desperta uma nova perspectiva em sua vida, com a possibilidade de amor, segurança e sonhos. A partir desse encontro, uma montanha-russa de emoções começa a se desenvolver, transformando-a em uma mulher forte e livre. Um filme de amadurecimento, sobre amor, empoderamento e superação de medos, de um ponto de vista delicado e feminino.

Veja o trailer

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário Estácio da Bahia - Estácio FIB em 2009. É editor do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou em produção de programas de rádio e TV, tem experiência com web jornalismo e há 12 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa. E-mail: contato@rafaelveloso.com.br.